Camâra

Na semana passada, em razão de divergências sobre o relatório do Senador Gim Argello (PTB-DF), a Câmara dos Deputados adiou a votação da Medida Provisória 615/2013, que amplia o prazo do Refis da Crise.

Parte dos parlamentares se insurgiu contra o relatório de Argello, que acrescentou outros itens ao texto inicial, que tratava da subvenção econômica aos produtores de etanol do Nordeste e a regulamentação do mercado de meios de pagamento – como cartões de benefício e pagamentos por celular.

A votação está prevista para hoje, para que haja tempo hábil para o Senado analisar a Medida provisória que perde a validade se não for aprovada até o próximo dia 16.

O Programa de Recuperação Fiscal – Refis trata-se de regime opcional de parcelamento de débitos fiscais destinado às pessoas jurídicas com débitos perante a Secretaria da Receita Federal – SRF, a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional – PGFN e o Instituto Nacional do Seguro Social – INSS.

Para maiores informações: clique aqui.

Palavras-Chave: , , ,

Deixe seu comentário!